Equipe DM Home [Atletas] [Academia] [Natação] [Links] [Busca] [Correio @]
História da Natação

Desde seu renascimento, o número de esportes e suas modalidades tem aumentado progressivamente nos Jogos Olímpicos. Para muitos países, essa competição é a maior chance de autopromoção.

A natação é uma estrela desde 1896, com um crescimento acelerado no número de modalidades e mudanças no esporte. No início, os atletas nadavam em mar abertos ou mesmo em rios ( rio Sena na França, em 1900) até que as primeiras piscinas fossem construídas ( 1908 ). Estilos e distâncias determinam as modalidades na natação. Para ambos os sexos: 50, 100, 200 e 400 metros crawl; 100 e 200 metros costas, peito e borboleta; 200 e 400 metros medley ( quatro estilos ); e revezamentos 4 x 100m livre e medley. Restritos aos homens são os 1500m crawl e o revezamento 4 x 200m livre. Para mulheres, apenas os 800m de crawl. Até a regulamentação dos movimentos na água, alguns resultados curiosos aconteceram: atletas recordistas olímpicos nadaram com braçadas estilo golfinho ou submersos na prova de 200 metros peito. A modalidade específica para o nado submerso só foi disputada uma vez, em Paris no ano de 1900.

AS MEDALHAS OLÍMPICAS DO BRASIL NA NATAÇÃO

HELSINQUE - 1952
Tetsuo Okamoto
Bronze nos 1.500m livre ( 18min51s30 )

ROMA - 1960
Manuel dos Santos Júnior
Bronze nos 100m livre ( 55s40 )

MOSCOU - 1980
Djan Madruga, Ciro Delgado, Jorge Fernandes e Marcus Mattioli
Bronze no revezamento 4 x 200m livre ( 7min29s30 )

LOS ANGELES - 1984
Ricardo Prado
Prata nos 400m medley ( 4min18s45 )

BARCELONA - 1992
Gustavo Borges
Prata nos 100m livre ( 49s43 )

ATLANTA - 1996
Gustavo Borges
Prata nos 200m livre ( 1min48s63 )
Gustavo Borges
Bronze nos 100m livre ( 49s02 )
Fernando Scherer
Bronze nos 50m livre ( 22s29 )